ccs-logo

MARCHA PELA CIÊNCIA NO RIO

Marcha pela Ciencia no Rio 2017

Pesquisadores, alunos, professores e representantes de entidades organizadas da sociedade civil e de órgãos públicos realizaram, no dia 11/11, sábado, a partir das 15:30h, a Marcha pela Ciência no Rio de Janeiro, partindo da Praça Mauá, em fente ao Museu do Amanhã, até a Praça XV. A manifestação pede a garantia do pleno funcionamento das universidades públicas e dos institutos de pesquisas; a garantia da continuidade de bolsas de estudo e políticas de permanência para estudantes nas universidades, especialmente cotistas; a retomada de investimentos em ciência e tecnologia, pelo governo federal, nos mesmos patamares de 2014; e a revogação da Emenda Constitucional 95.. O objetivo é pressionar o governo estadual e o governo federal, e especialmente os parlamentares estaduais e federais, a colocarem mais recursos orçamentários para a C&T e para a educação. De acordo com a proposta apresentada pelo governo estadual à Assembleia Legislativa do Rio, por meio da Lei Orçamentária Anual, os recursos para a área de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro serão reduzidos em 48% em 2018. A previsão passou de R$ 364 milhões, em 2017, para R$ 189 milhões, em 2018. Por outro lado, a proposta do governo federal para o orçamento do país, em 2018, faz cortes drásticos nos recursos, fazendo com que eles sejam cerca de um quarto apenas do que se tinha alguns anos atrás. Na área da educação, tanto no nível estadual quanto federal, os cortes são também muito grandes. A organização da manifestação é da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC - Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), Associação dos Docentes da UFRJ (Adufrj SSind), Associação dos Docentes da UERJ (ASDUERJ), Sindicato do Instituto Federal do Rio de Janeiro (Sintifrj), Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG - Associação Nacional de Pós-Graduandos). Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública (ASFOC), Associação dos Docentes do Ensino Superior da FAETEC - (ADES-FAETEC) e Associação Nacional dos Pesquisadores das Unidades de Pesquisa do MCTI (ANPesq).