ccs-logo

Debate sobre combate ao Aedes Aegypti

Debate Aedes COOPE 2016

A Coppe/UFRJ promove, na quarta-feira, 24/2, às 15 horas, seminário sobre "Combate ao Aedes Aegypti e ameaças do vírus Zika", que reunirá pesquisadores nas áreas de saúde e engenharia que atuam no tema. Os especialistas discutirão medidas adotadas para o enfrentamento da crise na área da saúde, com o advento do vírus zika.  O seminário será realizado no auditório da Coppe, que fica no Centro de Tecnologia 2 (CT2), na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão.

O evento contará com a presença dos professores Roberto Medronho, diretor da Faculdade de Medicina da UFRJ, Pedro Lagerblad, do Instituto de Bioquímica Médica, Leda Castilho, do Programa de Engenharia Química da Coppe; Adilson Xavier,do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe; e Delson Braz, do Programa de Engenharia Nuclear da Coppe.  E será mediado pelo diretor de Relações Institucionais da Coppe, professor Luiz Pinguelli Rosa. 

Centenas de cientistas de instituições de pesquisa brasileiras estão mobilizados para combater o problema e seus desdobramentos. A Coppe é uma delas:  integra o Núcleo Zika Vírus, constituído em dezembro de 2015, que reúne pesquisadores de diversas unidades da UFRJ e de outras instituições na busca de formas eficazes de combater o vírus.  A equipe do Laboratório  de Estudos de Cultivos Celulares da Coppe (LECC) da Coppe, coordenado pela professora Leda Castilho, também está trabalhando, em parceria com o Instituto Vital Brazil para desenvolver vacinas contra o vírus e soros hiperimunes para reduzir o risco de contaminação de fetos em mulheres já infectadas.

Curso de Combate ao Aedes Tem Segunda Etapa

Curso combate aedes 02-2016

A segunda etapa do curso de capacitação "Controle e Combate ao mosquito Aedes aegypti" acontecerá no dia 25 de fevereiro, no auditório do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (IESC), a partir das 9 horas.
Voltado aos servidores e funcionários terceirizados ligados à administração predial, inclusive aqueles que já participaram das palestras em janeiro, o evento é promovido pela Prefeitura da UFRJ, em parceria com a Vigilância Municipal de Saúde (SMS) da Prefeitura do Rio.

A programação prevê aulas práticas e capacitação técnica em dois turnos: pela manhã, entre 9 horas e meio-dia e meia; e, à tarde, entre 13h30 e 16h30, quando o grupo sairá a campo para inspeção e eliminação de possíveis depósitos de ovos e larvas do mosquito. Os organizadores atentam para que os participantes utilizem calçado fechado ou bota para incursão em áreas alagadas e com possíveis materiais cortantes, além de uso para manuseio de inservíveis. De acordo coma a Coordenadora de Meio Ambiente da Prefeitura da UFRJ, Carmen Odete, a capacitação dos administradores prediais é fundamental para que eles possam reconhecer os possíveis locais de acúmulo de água e desenvolver um olhar mais atento ao que pode ou não se tornar um foco do Aedes aegypti.

Os interessados na participação devem encaminhar mensagem por e-mail informando nome, unidade, função e número do telefone de contato para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  até a manhã de quarta-feira, dia 24/2. Informações adicionais podem ser obtidas na Coordenação do Meio Ambiente, pelos telefones 3938-9323 ou 3938-9228.

Coletiva sobre zika no CCS

Coletiva Zika 1

Os professores e pesquisadores Amilcar Tanuri e Rodrigo Brindeiro concederam entrevista sobre o vírus da zika, no CCS

Os professores e pesquisadores Amilcar Tanuri e Rodrigo Brindeiro do Instituto de Biologia da UFRJ receberam diversas equipes de reportagem de emissoras de rádio e de TV na entrevista coletiva que concederam sobre o vírus zika à tarde de 14/2, segunda-feira, no auditório do Bloco N do prédio anexo ao Centro de Ciências da Saúde (CCS), na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão. Eles fizeram relato de vários casos ocorridos no país, principalmente na região nordeste, e de pesquisas que um grupo de trabalho vem desenvolvendo a busca da cura para o vírus transmitido pelo mosquito aedes aegypti. Informações de grande relevância e esclarecedoras à população sobre a epidemia da zika foram transmitidas pelos telejornais da TV Globo, Record, Bandeirantes, SBT, Globo News e Rede Brasil.

Coletiva Zika 2

Jornalistas, principalmente de diversas emissoras de rádio e de TV, participaram da entrevista coletiva

Solenidade no CCS marcou posse da EEFD

 

Solenidade Posse EEFD 2016

A decana do CCS, profª Maria Fernanda Quintela, desejou êxito à gestão da nova direção da EEFD

As professoras Kátya Gaulter e Ângela Gomes tomaram posse na direção da Escola de Educação Física e Desportos - EEFD, respectivamente, nos cargos de diretora e vice-diretora, em substituição, na mesma ordem, aos professores Leandro Nogueira e Paulo Neto, em cerimônia realizada 17/2, no Auditório Professor Rodolpho Paulo Rocco (Quinhentão), no Centro de Ciências da Saúde – CCS. Na mesa da solenidade, além dos professores já mencionados, estiveram o reitor da UFRJ, professor Roberto Leher; e a decana do CCS, professora Maria Fernanda Quintela. Na platéia, estudantes e professores; o pró-reitor de Graduação,professore Eduardo Serra; a superintendente geral de Políticas Estudantis, professora Vera Salim, o diretor da Instituto de Ciências Biológicas e vice-decano do CCS, professor Luiz Eurico; o diretor do Cenabio, professor Adalberto Vieyra; o vice-diretor do NUTES, professor Luiz Augusto Coimbra de Rezende; a ex-decana do CCS, professora Vera Haufon; e a superintendente do CCS, professora Anaize Borges Henriques.

Posse na direção da EEFD

Posse EEFD 2016

O reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, prof. Roberto Leher, convida a todos para a cerimônia de posse da direção da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD), que será realizada no dia 17/2, quarta-feira, às 15 horas, no Auditório Professor Rodolpho Paulo Rocco (Quinhetão), no subsolo do Bloco K do prédio do Centro de Ciências da Saúde (CCS), na Cidade Universitária, Ilha do Fundão.

Convite em anexo.