Marca do CCS
pesquisar conteúdos e páginasAlternar para tema escuro
imagem de capa do conteúdo Decania do CCS lança ferramenta para reporte de ocorrências de segurança

Decania do CCS lança ferramenta para reporte de ocorrências de segurança

Sistema desenvolvido pela Seção de Atividades Gerenciais auxilia no monitoramento de incidentes e serve como prova para vítimas e testemunhas

imagem principal do conteúdo Decania do CCS lança ferramenta para reporte de ocorrências de segurança
Vigilância Federal monitora incidentes que acontecem no CCS | Foto: Artur Moês (CCS/UFRJ)

por:Carolina Correia (CCS/UFRJ)
publicado em: 28/06/2024ultima edição: 09/07/2024

A decania do Centro de Ciências da Saúde (CCS) lançou o Reporte de Ocorrências, ferramenta que monitora incidentes de segurança em suas dependências. O formulário já está disponível para uso e pode ser acessado aqui.

As áreas pertencentes à UFRJ são consideradas territórios federais, assim seu monitoramento e fiscalização são atribuições de instituições vinculadas à União. A Vigilância Federal, parte da Coordenação de Segurança (Diseg), conta com uma seção no CCS e realiza o acompanhamento dos incidentes de segurança ocorridos nas dependências do Centro

A ferramenta Reporte de Ocorrências surgiu para agilizar o atendimento aos comunicantes, permitindo que os relatos sejam feitos de maneira digital. A iniciativa é parte dos esforços da Decania do CCS para modernizar a gestão da segurança e fornecer aos demandantes uma plataforma mais eficiente.

O formulário pode ser preenchido pelas vítimas ou testemunhas dos casos ocorridos nas dependências do Centro, como nos prédios e estacionamentos. Segundo José André, chefe de atividades gerenciais, podem ser comunicados crimes de todas as naturezas como roubos, furtos, agressões, racismo, machismo, homofobia, entre outros.

“É importante salientar que a comunicação à Vigilância Federal do CCS não substitui o registro de ocorrência feito junto às autoridades policiais, seja a Polícia Federal ou a Polícia Civil. O relato, porém, poderá ser utilizado como prova nas investigações e em futuros processos”, afirma.

Nos casos que envolvam alunos, servidores ou outros trabalhadores da UFRJ, o setor poderá dar continuidade às diligências, abrindo sindicâncias e, até mesmo, processos administrativos.

André explica que os dados coletados a partir dos registros também auxiliam a Universidade e o Centro a conhecerem o cenário atual e promoverem iniciativas capazes de melhorar a segurança no local.

O sistema

A ferramenta já está disponível para utilização no site do CCS na aba Serviços. O formulário permite a inclusão de imagens que possam ajudar nas investigações e outras informações, em seguida o relatório é enviado automaticamente para os vigilantes de plantão que prosseguirão com o atendimento.

Após a análise, poderá ser solicitado ao comunicante o comparecimento na seção de Vigilância Federal para a realização de diligências. A comunicação de ocorrência somente produzirá efeitos jurídicos após sua validação pelos servidores da UFRJ. O comunicante receberá, pelo e-mail, o relatório completo da ocorrência.

Foi vítima ou testemunhou alguma ocorrência no CCS? Relate seu caso na ferramenta.

Divulgue essa iniciativa!